Pouso no cometa só aumenta minha crença do projeto humano

esa-philae-lander-comet-touchdown

 

Na pampa de luz azul
Amor, amar, aurora
Lugar de que nunca parti
que brilha, brilha, brilha!
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!
Perdido cometa, perdido cometa
Na trilha luminosa desse planeta!

(trecho de Pampa de Luz, de Pery Souza e Luiz de Miranda)

 

Foi com muita felicidade que acompanhei o pouso do módulo Philae da sonda Rosetta no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, na tarde desta quarta-feira. Felicidade que me fez aumentar a minha crença no projeto humano e na capacidade do homem de fazer coisas que pareciam impossíveis. Já imaginaram? Mandar, há dez anos, uma sonda para acompanhar o cometa; o aparato acompanhar o corpo celeste por uns dois anos e, nesta quarta-feira, conseguiu fazer descer a capsula no pequeno cometa. Pequeno, tem menos de quatro quilômetros de comprimento e se move a estonteantes 135 mil quilômetros por hora.

O projeto é da ESA, a agência espacial europeia, criada em 1964.

Publicado por Miguelito Medeiros

Editor da Rivazto, consultor de Marketing, Comunicação & Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: