Putin irá sobreviver?

Líder russo governa há 14 anos usando táticas e nomenclatura dos tempos soviéticos George Friedman Stratfor Tradução e edição: Nicholle Murmel Há uma visão geral de que Vladimir Putin governa a Rússia como um ditador, de que ele derrotou e intimidou seus oponentes e se posta como uma ameaça às nações vizinhas. É uma visãoContinuar lendo “Putin irá sobreviver?”

5 Verdades Desagradáveis Sobre Ter Sucesso

Achei muito interessante este texto do Kellvyn Atary, que juntou na mesma publicação cinco coisas que vão “justificando” a pobreza que há dentro de cada um de nós. Vale a pena. 5 Verdades Desagradáveis Sobre Ter Sucesso que eu Aprendi com os Milionários que Começaram do Zero Kellvyn Atary do http://www.habitosmilionarios.com.br/ republicado no http://www.hcinvestimentos.com.br, do HenriqueContinuar lendo “5 Verdades Desagradáveis Sobre Ter Sucesso”

Dez coisas que fazem as pessoas se afastarem de você

Publicado em 15 de abril de 2014 por Frederico Mattos  No consultório algumas pessoas me perguntam sem o saber qual seria o motivo para suas vidas não fluírem como deveriam. Às vezes se queixam de relacionamentos que nunca seguem em frente ou da solidão que sentem e não desconfiam dos motivos das pessoas se afastaremContinuar lendo “Dez coisas que fazem as pessoas se afastarem de você”

Treze meses sem cigarro

  Neste 24 de março completam-se um ano e um mês desde que dei a última baforada em um cigarro. Depois de 20 anos de fumante profissional, resolvi deixar de lado essa página da minha história um pouco depois de ter completado 40 anos de idade. Eu vinha comemorando os primeiros três meses, depois osContinuar lendo “Treze meses sem cigarro”

A economista-presidente

Não deu certo. As contas públicas pioraram, a dívida bruta subiu, e o  crescimento de novo não vem   Carlos Alberto Sardenberg Publicado:5/12/13 – 0h00, em http://www.oglobo.globo.com Talvez fosse o caso de incluir na Constituição brasileira uma cláusula de  barreira especifica: economista não pode ser presidente da República. E acho que os economistas brasileiros, naContinuar lendo “A economista-presidente”